Stay connected

Análise

Notícias, Tendências e Análises 15.08.2019

Os sinais de recessão estão aumentando

Os preços de importação subiram nos EUA, o crescimento da produção da China realmente desacelerou, e a economia mais forte da Europa vê um declínio nas exportações.

 

Notícias

Embora os preços de importação dos EUA subiram inesperadamente em julho, a tendência subjacente continuou fraca, apontando para pressões inflacionárias importadas moderadas. Afeta o USD


Amplificadas por conflitos tarifários e consequências do Brexit, as exportações caíram para a economia da Alemanha no segundo trimestre, com perspectivas de rápida recuperação, já que os fabricantes enfrentam dificuldades no final de uma desaceleração global. Afeta EUR


Na quarta-feira, a chanceler Angela Merkel disse que a Alemanha quer que a Grã-Bretanha mantenha uma estreita parceria com a União Europeia após o divórcio do bloco. Afeta o GBP


Devido, em parte, ao arrefecimento do crescimento da produção industrial para uma baixa de mais de 17 anos, a economia da China tropeçou mais acentuadamente do que o esperado em julho, à medida que a intensificação da guerra comercial dos EUA afetou mais as empresas e consumidores. Afeta o AUD


A taxa de desemprego da França recuou durante o segundo trimestre para atingir seu nível mais baixo desde o final de 2008, em face da desaceleração da economia e dos protestos contra o governo. Afeta EUR

 

Calendário

12:30 GMT

O indicador de Vendas no Varejo (Mensal) dos EUA para julho será divulgado. O Vendas no Varejo mede a mudança no valor total das vendas no varejo nos EUA, excluindo os automóveis. Afeta o USD.

 

Análise técnica

Brent

Dados fracos do PIB da Alemanha aumentaram o nível de negatividade no mercado. Pela primeira vez desde o 3º trimestre de 2018, o relatório registrou uma queda. No entanto, os problemas da Alemanha refletem perfeitamente o estado real das coisas no mundo.

Contra esse pano de fundo, o preço do petróleo começou a cair novamente. Brent pode cair para cerca de 56,00 nos próximos dias.

Dow Jones

O nível de 8,95 pode resistir contra o crescimento deste par de moedas.

USD/TRY

O ativo foi desprovido de sinais por um tempo. O gráfico formou um modelo invertido de cabeça e ombros indicando uma tendência de alta, que ainda pode ser interrompida pelo seu nível de resistência.

 

USD / TRY neste dia na história

  • Desde 2000 o dia 15 de agosto foi um dia de negociação 15 vezes.
  • Em 42% desses dias, o ativo encerrou com um crescimento.
  • A faixa máxima de reforço foi de 2,74%.
  • A tendência para baixo foi limitada a 5,73%.

Related posts

© 2014 - 2019 Olymp Trade. All Rights Reserved.