Gerenciamento de Capital

10 hábitos saudáveis para uma melhor gestão financeira

Use essas dicas inteligentes para colocar suas finanças em perfeita ordem


A maneira como você gerencia suas finanças pessoais pode te levar para frente ou atrasar. Para ter mais sucesso, comece adotando hábitos financeiros saudáveis. Eles não são menos importantes do que uma dieta bem balanceada e consumo suficiente de vitamina D.
Neste artigo, coletamos as melhores dicas de gestão financeira. Eles serviriam para pessoas de todas as faixas etárias, incluindo estudantes universitários, adultos e idosos.
Continue lendo para ver o que você está fazendo de errado e como consertar.

 

Nº 1: enfrente suas dívidas

O primeiro passo para eliminar suas dívidas é enfrentando-as. Você deve estar ciente do valor que deve. É assustador, mas ignorar o problema não levará você a lugar algum.
Faça uma lista de pessoas e instituições às quais você deve dinheiro. Cartões de crédito, empréstimos, pessoas ー tudo conta.

Healthy Money Habits - Face Your Debts

Em seguida, calcule quanto você deve pagar mensalmente para evitar multas. É essencial cobrir pelo menos os pagamentos mínimos. O ideal é que você possa pagar uma porcentagem maior: oferecer não mais do que o pagamento mínimo te mantém em dívida por anos.
Se o seu fluxo de caixa não for suficiente para fazer frente às dívidas, mude os comportamentos que te colocam em dívida e pense em maneiras de ganhar mais dinheiro. Reduza no seu estilo de vida, corte o cartão de crédito, encontre um emprego mais bem remunerado ou fontes de renda alternativas.

 

Nº 2: determine seus ganhos mensais

Muitas pessoas não sabem quanto dinheiro ganham. Esse é um grande problema. Para gerenciar seu fluxo de caixa com eficiência, você precisa saber o quão grande é esse fluxo, onde ele se origina e para onde vai.
Some todo o dinheiro que você recebe, incluindo de bicos, bônus, dividendos, receitas de anúncios, lucros de negociação e outros tipos de receita, grandes e pequenos. Não se esqueça de descontar os impostos.
Agora você sabe o quanto ganha. É hora de ver para onde vai esse dinheiro.

 

Nº 3: hábitos financeiros saudáveis

É importante saber se você administra seu dinheiro com sabedoria. Muitos de nós evitamos fazer orçamentos por considerá-los restritivos e estressantes. Afinal, esse procedimento nos faz enfrentar nossos gastos excessivos e desistir das coisas de que gostamos, não é mesmo? Além disso, o orçamento anda de mãos dadas com a papelada chata que todo mundo odeia.

Healthy Money Habits - Healthy Money Habits

Se você compartilha dessa visão, precisa de uma mudança de atitude. Você monitora os gastos para reduzir o desperdício de dinheiro, e não para se privar dos maiores prazeres da vida. Ao tapar os buracos, você canaliza mais dinheiro para onde realmente deseja.

 

Nº 4: aproveite a tecnologia moderna

Falando em cálculos, não há mais necessidade de usar o método da caneta e papel. Em vez disso, aproveite as vantagens de um software de orçamento atualizado que oferece uma grande variedade de ferramentas úteis de controle financeiro.
Hoje, existem diversos aplicativos excelentes de gestão financeira para a geração Y. Eles facilitam o controle dos seus investimentos, a análise dos seus hábitos de gastos e a tomada de decisões financeiras mais inteligentes. Por exemplo, alguns aplicativos permitem que você defina limites de gastos semanais para diferentes categorias, mova automaticamente fundos extras para suas economias de emergência ou estime as despesas futuras.
Os melhores aplicativos são extremamente fáceis de usar e têm muitas configurações para fuçar. Nem sempre é necessário pagar por complementos premium, um kit de ferramentas gratuito geralmente é o suficiente.

 

Nº 5: defina suas prioridades e metas com clareza

Muito dinheiro escapa de seus dedos só porque você não tem ideia de quais são seus objetivos e prioridades de vida. Sem uma visão geral, você pode desperdiçar muitos fundos em coisas inúteis.
Repetindo, estabelecer metas não significa trocar pequenos prazeres por um bem maior no futuro. Ao contrário, isso permite que você entenda o que é importante e se concentre nisso.
Pode ser uma casa maior, uma educação de primeira classe para seus filhos, uma viagem pelo mundo, seu próprio negócio ou uma aposentadoria adiantada, o que quiser. Depois de ter suas metas claras como o cristal, os gastos estúpidos serão automaticamente reduzidos.

 

Nº 6: desenvolva um plano (e cumpra-o)

Agora que você sabe quanto ganha e gasta e o que gostaria de alcançar, está na hora de fazer um plano.
Fazer um plano significa alinhar seus gastos com suas metas e cortar o que você não precisa. Digamos que se você fosse um designer ambicioso, talvez quisesse gastar mais dinheiro em um monitor maior de alta resolução ou em um software gráfico de primeira linha. Ou, se você for um trader, pode querer investir em um notebook mais rápido e em um curso de negociação intensivo.

Healthy Money Habits - Develop a Plan

Cabe a você decidir o que cortar. Você pode economizar muito dinheiro cancelando ou não prolongando as assinaturas e adesões que nunca usa, optando por voos na classe econômica ou usando um trem em vez de um táxi.

 

Nº 7: comece a economizar cedo

Economizar cedo na vida tem muitas vantagens. Se o seu dinheiro tem muito tempo para crescer, você pode aproveitar os benefícios dos juros compostos.
Comece aos poucos. Crie o hábito de reservar X reais todos os meses quando receber seu salário. Em breve, você estará fazendo isso automaticamente.
Outro truque é ter um objetivo claro em mente (ver Nº 4). Não basta fazer uma lista de desejos. Visualize seu objetivo em detalhes, carregue-o de emoções, mergulhe nele. Assim, você ficará emocionalmente conectado(a) ao seu futuro.

 

Nº 8: tenha uma reserva de emergência

Sempre tenha um fundo de emergência. Ele deveria contabilizar por pelo menos 4 meses de suas despesas obrigatórias, incluindo aluguel, alimentação, contas de serviços públicos, custos com transporte, etc.
Muitas pessoas não poupam para um dia chuvoso: algumas dizem que o dia chuvoso é o agora, outras dependem do cartão de crédito ou de empréstimos facilmente acessíveis. Mas você é mais esperto(a) que isso.
Ter uma reserva de emergência mantém você calmo(a). Quando você não tem economias, a sobrevivência imediata se torna sua prioridade em uma situação difícil. Isso leva a decisões financeiras ruins que vão custar caro.
Para começar a fazer um fundo de emergência, reconsidere seu orçamento e sacrifique algumas coisas que você pode dispensar. Por exemplo, se você não pode viajar agora, coloque o dinheiro da viagem de lado em vez de comprar uma nova TV.

 

Nº 9: procure dinheiro grátis

Encontre maneiras de pagar menos pelo que você precisa ou de obter essas coisas de graça.
Hoje, temos muitas oportunidades de economia das quais nem sequer temos conhecimento. Aqui vão algumas dicas úteis:

  • Ao fazer compras online, procure descontos, cashback, cupons e ofertas especiais. Confira os preços em outras lojas para ter certeza de que a etiqueta do preço original e o desconto são reais.
  • Verifique se o seu empregador cobre despesas como viagens ou seguro de vida, assinaturas por serviços caros, cursos educacionais ou mensalidades em academias. Descubra todos os benefícios do seu trabalho – eles podem economizar algum dinheiro arduamente conquistado.
  • Procure por bônus e códigos promocionais para conseguir o que deseja por menos. A maioria dessas ofertas é por tempo limitado, então é melhor você agir rápido e agarrar uma oportunidade antes que ela acabe.
  • Reivindique o que o governo te deve por direito. Às vezes, há benefícios fiscais, ajuda de crédito e reembolsos que as pessoas não reivindicam apenas porque não sabem nada sobre eles. Se você acha que pode ser elegível para ajuda financeira, exija as informações.

 

Nº 10: faça seus fundos trabalharem

Como sabemos, a inflação vai corroer seus ativos ao longo do tempo, mesmo se você lidar com uma moeda relativamente estável como o USD. Portanto, não deixe todo o seu dinheiro ficar parado em sua conta de poupança com taxas de juros moderadas. Em vez disso, use uma parte de seus fundos para gerar mais dinheiro para você.
Existem 2 maneiras de fazer seu “dinheiro ativo” trabalhar para você:

  • Investindo
    Você compra um ativo e o segura até que o preço aumente. O processo pode levar meses, anos ou mesmo décadas, portanto, o ativo deve corresponder ao seu objetivo e horizonte de investimentos.
  • Negociação
    Nesse caso, você não se envolve em uma relação de longo prazo com um ativo. Não importa se o preço sobe ou desce, porque você pode capitalizar em ambos os movimentos. A dica é dominar as ferramentas de Análise técnica necessárias e criar uma conta em uma corretora.

Healthy Money Habits - Olymp Trade

A Olymp Trade, uma das líderes renomadas do mercado, oferece uma interface intuitiva para iniciantes, uma rica coleção de ferramentas e uma ampla variedade de ativos, incluindo moedas tradicionais e digitais.

 

Conclusão

Se você ainda considera a gestão financeira estressante e entediante, está na hora de mudar de atitude.
Economizar, fazer orçamentos, cortar despesas, planejar compras, investir e negociar podem ser na verdade empolgantes e estimulantes. Basta terceirizar tarefas complicadas e demoradas para aplicativos inteligentes com uma interface personalizável e super conveniente.
Se você quiser tentar negociar, comece criando uma conta na Olymp Trade.

Related posts
O blog oficial da empresa de negociação Olymp Trade