Análise

Notícias, Tendências e Análises 17.01.2020

O primeiro dia após a assinatura do acordo comercial

Hoje, o foco está no possível despertar de otimismo no mercado de ações, na introdução de tropas turcas na Líbia e na seguradora dos irmãos Winklevoss.

 

Notícias

A exchange de criptomoedas dos irmãos Winklevoss lançou seu próprio serviço de seguros para garantir a proteção dos fundos dos clientes contra roubos. Afeta o Bitcoin


Na Rússia, o novo primeiro ministro e o governo foram demitidos. Afeta o RUB


O Banco Central da Turquia voltou a baixar sua taxa básica. Afeta a TRY


Os EUA e a China assinaram a primeira parte do acordo comercial, mas o mercado não tem pressa para se alegrar. Afeta o S&P 500


O presidente turco anunciou a entrada de tropas na Líbia. Afeta a TRY

 

Calendário

02:00 GMT

Um relatório anual sobre o crescimento do PIB da China será publicado. Os resultados para 2019 são esperados em 6%. Um desvio acima afetará positivamente o AUD.


09:30 GMT

A publicação de um relatório sobre vendas no varejo no Reino Unido está programada. O crescimento é projetado em 0,5%. Se os dados reais excederem as expectativas, a GBP se fortalecerá.


13:30 GMT

Os dados sobre o número de licenças para construção emitidas nos Estados Unidos serão divulgados. Se os dados mostrarem mais de 1.468 milhões, o dólar receberá algum estímulo positivo.


15:00 GMT

O número de vagas abertas no mercado de trabalho dos EUA será anunciado. Mais de 7,233 milhões afetarão positivamente o dólar.

 

Análise técnica

S&P 500

Se a assinatura de um acordo comercial entre os EUA e a China tivesse sido uma surpresa, o mercado de ações estaria saturado de touros. Mas Trump mencionou a assinatura que provavelmente ocorreria em meados de janeiro, durante as negociações no final de dezembro. Portanto, o crescimento potencial foi recuperado.

Além disso, os traders estão com medo de comprar. Os principais indicadores técnicos estão na zona de sobrecompra.

Bitcoin

A criptomoeda delineou os possíveis limites de seu canal. Neste contexto, é possível uma ligeira correção para baixo até 8220.

USD/TRY

Na área de 5,77, a atenção deve ficar focada nas compras do par de moedas USD/TRY. Até lá, siga a direção descendente das transações.

 

USD/TRY neste dia na história

  • Desde 2000, 17 de janeiro foi um dia de negociação 14 vezes.
  • Em 42% desses dias, o ativo terminou com crescimento.
  • A faixa máxima de reforço foi de 1,12%.
  • A tendência de queda foi limitada a 1,14%.
Related posts
© 2014 - 2020 Olymp Trade. All Rights Reserved.