Análise

Notícias, tendências e análises 18.09.2020

Banco da Inglaterra se prepara para taxas negativas

Hoje, o foco está no crescimento dos empregos na Austrália, nas declarações do secretário do Tesouro dos EUA, e também – um palpite de taxas negativas nas atas do Banco da Inglaterra.

 

Calendário

09:15 UTC

Será feito um pronunciamento pelo Vice-Presidente do BCE, Luis de Guindos. O evento pode causar um aumento na volatilidade dos pares de moedas com EUR.

Ativos para negociar: EUR/USD, EUR/CHF.

 

Notícias

Na Austrália, a taxa de empregos cresceu acentuadamente. Afeta o AUD


O Banco da Inglaterra evitou a introdução de novos estímulos econômicos, mas está intensificando as discussões sobre taxas negativas. Afeta a GBP


O grupo técnico da OPEP+ alertou para uma queda na demanda de petróleo em países selecionados devido à COVID-19. Afeta o Brent


O secretário do Tesouro dos EUA, Stephen Mnuchin, confirmou a continuação dos trabalhos em um pacote de estímulo econômico. Afeta o USD


Um porta-voz do Banco Mundial alertou sobre uma possível crise financeira na região da Ásia-Pacífico. Afeta o JPY

 

Análise técnica

GBP/USD

Há muito tempo se fala em bancos centrais considerando a introdução de taxas negativas. Embora o Banco da Inglaterra tenha mantido essa taxa básica no mesmo patamar de 0,1%, as atas da reunião revelaram informações de que os gestores estariam estudando o impacto das taxas negativas na economia. É possível que em um futuro próximo o regulador decida sobre tais ações.

Neste contexto, a moeda britânica começou a cair novamente. É provável que o gráfico finalmente perca o suporte da linha de tendência, e os traders serão capazes de capitalizar em uma forte tendência de baixa.

EUR/USD

O padrão clássico de cabeça e ombros anuncia uma queda do euro.

NZD/CAD

O par de moedas não esgotou seu potencial de crescimento técnico. O preço do ativo provavelmente ultrapassará 0,90000 no futuro próximo.

 

NZD/CAD neste dia na história

  • Desde 2000, 18 de setembro foi um dia de negociação 14 vezes.
  • Em 78% desses dias, o ativo terminou em alta.
  • A faixa máxima de fortalecimento foi de 1,65%.
  • A tendência de queda foi limitada a 1,18%.
Related posts
Análise

Notícias 06.04.2020–10.04.2020

Os eventos importantes desta semana incluem a decisão sobre a taxa de juros do RBA, o índice de preços ao produtor dos EUA e a reunião dos ministros das Finanças da UE.